João Baptista Borges disse que, apesar das dificuldades existentes, tudo será feito para continuar a entregar energia «limpa» à população

Artículos relacionados

El nuevo ‘navy’: diez tips para vestir el dicción marinero que es tendencia este verano

Hay elementos que año tras año regresan a nuestras vidas. La moda no es una excepción y, sin embargo las tendencias tienen data de caducidad, algunas de […]

Aamir Khan (‘Laal Singh Chaddha’): «Me fascinó ver cómo ‘Forrest Gump’ se transformaba en pincho historia india»

encuentro ECARTELERA encuentro a Aamir Khan, protagonista y productor de 'Laal Singh Chaddha', remake del clásico estadounidense 'Forrest Gump', dirigido por Advait Chandan, en cines desde este 12 de agosto.Aamir Khan ('Laal Singh Chaddha'): "Me fascinó gozar cómo 'Forrest Gump' se transformaba en pincho historia india"

Gafas de sol: las tendencias y los consejos de expertos para conseguir la mejor transacción

En veranya nya syalya nuestrya armariya da un girya de 180 gradyas sinya que lyas cyamplementyas también viven una verdadera revyalución. Sandalias, gyarras ya pañuelyas se […]

Desconectan a Anne Heche del pedestal vital tras encontrar receptor para sus órganos

SALVANDO VIDAS Aunque su fallecimiento sin embargo hizo acérrimo en el momento de su crimen cerebral, el corazón de Anne Heche continuaba latiendo a al espera de que se completase el proceso de evaluación de donantes.Desconectan a Anne Heche del soporte vital tras encontrar receptor para sus órganos

‘NOP’: Jordan Peele vuelve a demostrar que la exotismo en Hollywood sigue viva

MILAGRO esquinado Con su tercera película, relectura única del blockbuster estival y el cine de invasiones, Jordan Peele vuelve a demostrar que es uno de los cineastas más originales y estimulantes de Hollywood.'NOP': Jordan Peele vuelve a demostrar que la originalidad en Hollywood sigue viva

Compartir

Todo o trabalho de engenharia foi executado num período de seis meses e põe fim a um longo período de carência, suprimida parcialmente por grupos e meios de geração alternativos, particularmente na iluminação das residências. Agora, quer a população, quer a classe empresarial local, maioritariamente dedicada à agro-pecuária, deixarão de despender parte considerável dos seus rendimentos na compra de combustíveis e nos avultados custos com a manutenção de geradores. De acordo com o Ministro João Baptista Borges, a entrada em funcionamento desta Substação da Quibala, localidade que viveu durante longos anos fazendo recurso a geradores,  com encargos significativos com um consumo de combustível de mais de 50 mil litros por mês, representará uma economia de 35 milhões de Kwanzas/mês para os órgãos da governação.

De referir que só foi possível instalar a Subestação Móvel de 220 kV na Quibala em tempo recorde nesta fase complexa e com as limitações impostas pelo Covid-19 e com custos reduzidos (cerca de 2,5 M USD), com a reutilização de equipamentos e materiais provenientes de outras instalações da PRODEL, RNT e ENDE, o que permitiu uma poupança superior a 5M USD.

De acordo com o pronunciamento do Ministro João Baptista Borges, outros projectos estão em preparação no Cuanza Sul, para que, até 2022, se atinja a meta de 85% de electrificação das localidades da província, designadamente:

▪ 2.ª fase da Electrificação do Município Sede da Quibala e bairros adjacentes;

▪ 2a fase da Alimentação das Zonas Agrícolas e bairros adjacentes;

▪ Conclusão da Electrificação Rural de Mussende;

▪ Construção da Subestação 220/60 kV (RNT) na Quibala;

▪ Construção da Subestação 60/30 kV (ENDE) na Quibala;

▪ Electrificação Rural do EBO;

▪ Electrificação.

Após a inauguração do Sistema da Quibala, a delegação acompanhada pelo Governador Job Capapinha seguiu para o município do Ebo e daí para o município do Libolo, na comuna de Calulo, local onde vistoriaram as obras de construção e implantação da nova Subestação de 60/30kV 40 MVA de potência instalada, que permitirá beneficiar pouco mais de 11 mil clientes daquela localidade.

Referindo-se ao que acabou de constatar, o Governador da província, Job Capapinha, expressou o seu receio e preocupação das autoridades locais no que toca à conservação dos meios e equipamentos instalados para que não sejam vandalizados. Já o titular da Energia e Águas, João Baptista Borges, referiu que,  não obstante as dificuldades que existem, tudo continuará a ser feito no sentido de se continuar a levar a energia «limpa» às populações e agentes económicos da província e do pais de forma geral, para promover o desenvolvimento e o bem-estar das populações.